São Gonçalo, 17

de Outubro de 2018

Acessibilidade

Acesso Rápido





Início do Site Notícias

Notícias

Família Acolhedora realiza o primeiro Simpósio


 Clique na imagem para ver todas as fotos.
Se doar, oferecer carinho e amor: esse é o papel do Programa Família Acolhedora. E, em São Gonçalo, crianças vítimas de maus-tratos, negligência, abandono, agressões e abusos sexuais estão tendo a chance de conviver com uma nova família. O trabalho é realizado através da Secretaria de Desenvolvimento Social, Infância e Adolescência. Na tarde desta terça-feira (28), foi realizado simpósio na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SG), no Zé Garoto, com o tema "Quem abre uma porta, abre um futuro".

O encontro teve como objetivo promover e ampliar o serviço prestado. Na oportunidade, foram debatidos os novos rumos do acolhimento familiar no município de São Gonçalo. O secretário municipal de Desenvolvimento Social, Marlos Costa, ressaltou a importância do programa na cidade.

"O programa é um serviço extremamente eficaz e importante quanto política pública protetiva para crianças. Nosso objetivo é garantir os direitos de crianças em situação de violência doméstica ou abandono, onde elas são encaminhadas para acolhimento provisório com famílias voluntárias, que garantem amor, amparo e afeto ", disse.

O programa Família Acolhedora é uma medida protetiva onde crianças em situação vulnerável permanecem em lares temporários. O serviço é responsável por selecionar, capacitar, cadastrar e acompanhar as famílias acolhedoras, bem como realizar o acompanhamento da criança acolhida e as famílias de origem, com uma equipe formada por assistente social, psicólogas e educadores sociais. A proposta é acolher e tornar novamente possível a convivência familiar e comunitária.

Com a reformulação, o "Família Acolhedora" ampliará o programa de acolhimento de 10 para 24 famílias e trabalhará com crianças de 0 a 12 anos, que necessitam de proteção. A subsecretária da Infância, Adolescência e Juventude, Maria Domingas, falou sobre a expansão do projeto.

"Iremos ampliar a rede de acolhimento para crianças de seis a 12 anos também. É um desafio, mas faremos da melhor forma possível, atualizando as metodologias, construindo um novo trabalho em rede, garantindo sempre os direitos" explicou.

Os interessados em participar poderão fazer as inscrições comparecendo à sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Infância e Adolescência, localizada na Rua Uriscina Vargas, nº 36, bairro Mutondo, São Gonçalo, ou através do telefone 3719-2473, munidos de documentos de identificação pessoal.

São Gonçalo, 28/11/2017

Fonte: SMDS

Foto: Lucas Alvarenga

Número de acesso(s) : 1207

Seta Mais Notícias
Clique para Imprimir Imprimir Enviar a um amigo Enviar Notícia Voltar Topo

Notícias Relacionadas

Semimd auxilia em empregabilidade a jovem do Jardim Catarina;

Colheita de Horta Ecológica agita CRAS de Santa Izabel.;

Força-tarefa de limpeza urbana recolhe 900 toneladas de lixo;

Rua do Anaia recebe pavimentação;

Odontomóvel realiza atendimento no Centro Pop;

Transporte Fora de Domicílio atende 1.200 pacientes ao mês;

Portal da Transparência Inscrição Seminário Nacional do Ines Contatos - Iluminação Pública
Nota Fiscal Eletrônica Ouvidoria Geral - (21)2199-6330 Defesa Civil - 199 Plano Minicipal de Saneamento Básico
Samu

Cidade

Cidadão

Servidor

Governo

Empresa

brasao
Base rodapé
Copyright® 2017 Portal do Município de São Gonçalo
© 2017 Prefeitura de São Gonçalo - Todos os direitos reservados.
| Conteúdo protegido pela Lei 9.610 de 19.02.1998. |
Rua Feliciano Sodré, 100 – Centro – SG. Cep: 24.440-440 Tel: 2199-6300
Horário de atendimento das 9h às 16h30min